Noite Saudável das Cidades do Centro de Portugal (NSCCP) - página oficial

O Projeto

o-projeto

Os contextos recreativos desempenham um papel importante na vida das cidades e dos jovens mas têm, em várias situações, uma ligação intrínseca com a rutura de hábitos de vida saudáveis e a associação a uma multiplicidade de fatores de risco em várias áreas (violência, abuso de álcool e/ou consumo de drogas ilícitas, sinistralidade rodoviária, etc.).
Há um conjunto de comportamentos individuais e coletivos que podem contribuir para esta situação agravar ou melhorar o bem-estar, a segurança e a qualidade dos espaços de recreação noturna. A título de exemplo, um inquérito de 2013, promovido pelo Instituto Europeu para o Estudo dos Fatores de Risco (IREFREA – Portugal), a 500 frequentadores da noite maiores de 16 anos, em Coimbra, dá evidência a esta realidade. Estes dados veem ao encontro das preocupações também evidenciadas, entre outras entidades, pelas Forças de Segurança de Coimbra assim como pela Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (DICAD) e pelo Centro de Prevenção do Tratamento do Trauma Psicológico – CHUC. Falamos de uma realidade transversal a outros municípios do nosso Pais e à Europa onde vivemos. De registar internacionalmente a multiplicidade de projetos já implementados visando a prevenção destas problemáticas.
Tendo em conta as preocupações comuns do Centro de Prevenção e Tratamento do Trauma Psicológico (CPTTP) — Centro de Responsabilidade Integrado de Psiquiatria (CRI), do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra — e do Instituto Europeu para o Estudo dos Fatores de Risco (IREFREA, Portugal), nasce em 2014 o projeto Noite Saudável da Cidade de Coimbra, que na sequência do Fórum Internacional “Noite Saudável das Cidades”, que se realizou de 4 a 6 de Maio 2016 em Coimbra, promove a “Declaração Noite Saudável das Cidades do Centro de Portugal”, documento que viria a ser subscrito em Junho do mesmo ano por dezenas de entidades, entre as quais 21 municípios da região centro do país. Investindo na prevenção da violência interpessoal, do abuso de álcool e consumo de drogas ilícitas, e na sinistralidade rodoviária, procura contribuir para
(1) eliminar/atenuar os fatores de risco associados às áreas anteriormente referenciadas,
(2) promover fatores protetores, e
(3) potenciar a resiliência comunitária.
Na implementação desta iniciativa importa registar o apoio da CCDRC, na pessoa da Prof.ª Ana Abrunhosa.
Em 2017, no âmbito da candidatura (“Centro 2020”) do Instituto Europeu para o Estudo dos Fatores de Risco (IREFREA – Portugal) surge o atual projeto “Noite Saudável das Cidades do Centro de Portugal”, cuja coordenação científica é assumida pelo Centro de Prevenção e Tratamento do Trauma Psicológico, CRI de Psiquiatria – CHUC e pelo IREFREA – Portugal.