Noite Saudável das Cidades do Centro de Portugal (NSCCP) - página oficial

As preocupações da GNR relativamente à recreação noturna na cidade de Coimbra, por Carlos Tomás (Coronel, CT Coimbra) e Joana Lourenço (Capitão, SIIC)

0
as-preocupacoes-da-gnr-relativamente-a-recreacao-noturna-na-cidade-de-coimbra-por-carlos-tomas-coronel-ct-coimbra-e-joana-lourenco-capitao-siic

Continuando a recolher testemunhos de responsáveis de entidades parceiras do projeto Noite Saudável das Cidades do Centro de Portugal, recebemos agora o contributo intitulado

As preocupações da GNR relativamente à recreação noturna na cidade de Coimbra

Carlos Jorge Ruivo Tomás, Coronel
Comandante do Comando Territorial de Coimbra
Joana Raquel da Silva Lourenço, Capitão
Adjunta da Seção de Informações e Investigação Criminal

 

A Guarda Nacional Republicana (GNR), adiante designada por Guarda, é uma força de segurança com jurisdição em todo o território nacional e no mar territorial. Das inúmeras atribuições que lhe competem, é de salientar o esforço diário da Instituição em garantir a ordem e a tranquilidade públicas e a segurança e a proteção das pessoas e dos bens.

É neste contexto que a Guarda se tem associado a diversas instituições e participado em vários projetos, fomentando a implementação e o crescimento do Policiamento Comunitário, através do qual se pretende transmitir a ideia de que a polícia e a comunidade têm que trabalhar em conjunto para identificar e definir as prioridades e encontrar soluções para os problemas da atual sociedade. Pretende-se, assim, que a comunidade passe a estar envolvida na dinâmica da segurança, constituindo este envolvimento um verdadeiro princípio de uma cidadania ativa.

O projeto “Noite Saudável das Cidades do Centro de Portugal” (NSCCP) visa a intervenção ao nível dos contextos recreativos noturnos, da prevenção da violência interpessoal, do abuso de álcool e consumo de drogas ilícitas, e da sinistralidade rodoviária, tendo ainda como pretensão a promoção/reforço da segurança e resiliência comunitárias.

Com efeito, a implementação de estratégias para a diminuição das problemáticas acima descritas, é um dos grandes objetivos da Guarda, pelo que a participação neste projeto se revelou, desde logo, como imperativa e de fulcral importância.

Coimbra, conhecida como “A Cidade dos Estudantes”, apresenta um vasto leque de espaços de recreação noturna, pelo que o seu centro urbano se mostra, logo à partida, como um foco de preocupação no que respeita sobretudo à violência interpessoal e ao consumo de álcool e substâncias psicotrópicas. Em consequência disto, assume especial preocupação para a Guarda Nacional Republicana a deslocação dos jovens do centro da cidade para a periferia da mesma, sendo a condução sob influência de álcool e substâncias psicotrópicas, bem como a sinistralidade rodoviária, as problemáticas com maior expressão na área da atuação desta Guarda.

Não obstante a intervenção da GNR na vertente do policiamento rodoviário, como forma de prevenir e reprimir comportamentos que comprometem a segurança dos utentes das vias, a Guarda Nacional Republicana tem vindo a desenvolver e implementar novas formas de organização policial, técnicas de proximidade e visibilidade, bem como estabelecer programas específicos, focados em problemas concretos e em grupos mais vulneráveis.

Nesta senda, a Guarda procura diariamente fomentar a pró-atividade e um serviço baseado na prevenção e na sensibilização, estando determinantemente empenhada em aproximar os nossos Guardas da comunidade em geral, e de grupos específicos em particular, como é o caso das crianças e jovens, os quais constituem o futuro da nossa sociedade.

A Guarda Nacional Republicana pretende, deste modo, apresentar-se como uma força humana, próxima e de confiança.

Adicionar comentário

nsccp